PORTARIA Nº 11/2020 – REITORIA PLANO DE CONTINGÊNCIA DO UDF

PORTARIA Nº 11/2020 – REITORIA PLANO DE CONTINGÊNCIA DO UDF

Fala galera, se liguem nas novas diretrizes a respeito da suspensão das aulas presencias. Deem uma lida na portaria e fiquem atentos ao seu blackboard, afinal quarentena não é férias!

6ª Edição do Prêmio Academia ICE reconhece trabalhos acadêmicos sobre Investimentos e Negócios de Impacto

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Academia ICE, realizado pelo Instituto de CidadaniaEmpresarial (ICE), com a parceria estratégica do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) por meio do BID Lab. O prêmio foi criado em 2013 com o nome de Prêmio ICE e em sua sexta edição passa a chamar Prêmio Academia ICE. Os objetivos seguem os mesmos: incentivar e aprofundar o debate
sobre Investimentos e Negócios de Impacto e promover a geração e disseminação de conhecimentos sobre os temas.

Estudantes de Graduação, Mestrado e Doutorado com seus respectivos orientadores, de qualquer curso e Instituição de Ensino Superior do Brasil, podem participar. As premiações variam de R$1.500 a R$8.000 reais e devem ser investidas em atividades de formação pelos alunos e orientadores selecionados.

“O Prêmio ICE reforça a estratégia da Rede de Professores mobilizada pelo Programa Academia do ICE para ampliar a produção de conhecimento sobre Investimentos e Negócios de Impacto. No entanto, as
inscrições estão abertas para qualquer estudante de curso de graduação ou pós-graduação de todo o Brasil que esteja pesquisando sobre as temáticas. Queremos conhecer e reconhecer a produção acadêmica sobre impacto socioambiental positivo em todas as regiões do Brasil e despertar o interesse de mais e mais docentes e estudantes.” comenta Célia Cruz, diretora executiva do ICE.

Para participar, o estudante deve preencher um formulário online no site www.premioice.org.br, anexar o trabalho e a documentação solicitada. As inscrições vão até 31 de março de 2020.

Os trabalhos devem abordar Investimentos e Negócios de Impacto, podendo dialogar outras temáticas como: novos formatos organizacionais voltados para a geração de valor socioambiental; inovação social; marco regulatório e políticas públicas voltadas para o fortalecimento do campo de investimentos e negócios de impacto; novos instrumentos financeiros; economia criativa; entre outros previstos no
Regulamento.

A seleção dos trabalhos será feita por uma comissão julgadora composta por docentes e por especialistas que atuam ativamente neste campo. O anúncio dos vencedores será em junho de 2019. 

Sobre o ICE 

Criado em 1999, o ICE (Instituto de Cidadania Empresarial) é uma organização da sociedade civil que tem como missão articular líderes transformadores no desenvolvimento de iniciativas inovadoras que potencializem impacto social positivo na população de baixa renda. Tendo como propósito central o fomento à inovação social, o ICE escolheu como foco de sua atuação o fortalecimento do ecossistema de Investimentos e Negócios de Impacto que gerem amplo impacto socioambiental positivo.

http://www.ice.org.br/

Sobre o BID Lab
BID Lab é o laboratório de inovação do Grupo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), uma plataforma com propósito aberta ao mundo, que mobiliza capital, conexões e conhecimento para promover inovação para a inclusão na América Latina e Caribe. BID Lab trabalha com o setor privado e capitaliza a influência do BID com os governos e a sociedade civil para maximizar o impacto de seus projetos e investimentos junto a populações vulneráveis.

http://www.idblab.org

Contatos para Imprensa

Juliana Rodrigues – gestora interina do Programa Academia ICE – juliana@ice.org.br

Lysa Ribeiro – coordenadora de Comunicação – lysa@ice.org.br – (11) 3708-0491

1º. Circuito Forensic Science Day – Brasília.

1º. Circuito Forensic Science Day – Brasília.

Quer assistir a palestras poderosas de renomados peritos criminais que estarão em Brasília para um evento inédito na América Latina?

Tem curiosidade em conhecer as tecnologias e abordagens das Ciências Forenses mais utilizadas por profissionais experientes?

Participe do 1º. Circuito Forensic Science Day, evento científico organizado pelo ICCAROS Instituto de Ciências Aplicadas em parceria com a Fundação de Peritos em Criminalística Ilaraine Acácio Arce e seis instituições de ensino superior.

São diversas datas em setembro e outubro, e uma das etapas será realizada aqui, no UDF.

Convidamos você a participar desse momento “CSI: Brasília”, uma valiosa oportunidade de desenvolvimento intelectual e científico para estudantes, profissionais e entusiastas da área.

 

Data: 19 de setembro de 2019

Horário: das 17h às 22h

Local: UDF – Auditório

Público-alvo: estudantes e profissionais das áreas das Ciências da Saúde, Agrárias, Sociais, Humanas, Políticas, Exatas e da terra, Biológicas e Biotecnologia, bem como profissionais de nível superior com interesse na área de Ciências Forenses.

Inscrições: R$ 10,00 ou uma lata de leite em pó (exceto minicursos).

Mais informações: (61) 99147-1331 atendimento@iccaros.com.br 

https://www.iccaros.com.br/event/circuito-forensic-science-day/

Alunos do UDF realizam audiências simuladas de mediação no Conecta

Alunos do UDF realizam audiências simuladas de mediação no Conecta

CONECTA UDF, as audiências simuladas de mediação no Espaço Conecta.

As tardes foram muito produtivas com os alunos desenvolvendo em prática real, as técnicas de mediação judicial e extrajudicial.

O procedimento faz parte do estágio Cível em mediação dos alunos do curso de Direito

Conecta UDF é prêmio e capítulo de livro.

Conecta UDF é prêmio e capítulo de livro.

Exato um ano atrás, em setembro de 2018, registramos aqui o Conecta como um dos vencedores do 1º Prêmio ANGRAD – prêmio de inovação em Ensino e Aprendizagem da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração.

Foi um merecido reconhecimento não só a esse núcleo do UDF focado em inovação e empreendedorismo, mas às iniciativas inovadoras de outras 22 instituições de todo o país. Por conta disso, o UDF se situa hoje entre as três melhores instituições de ensino superior do Centro-Oeste.

Por ocasião do jantar de premiação e encerramento do evento que ocorreu em 26 de agosto daquele ano, foi informado aos participantes que todas as iniciativas vencedoras seriam publicadas em um livro sobre metodologias inovadoras.

E o livro chegou! De fato vemos, hoje, setembro de 2019, o Conecta registrado em um dos capítulos do livro Inovação em Ensino e Aprendizagem – casos de cursos de Administração do Brasil – 1ª edição do Prêmio Angrad, de Edson Sadao Iizuka (Organizador).

Gabriel Cardoso, coordenador dos Programas de Educação Empreendedora e Inovação Social do UDF, também coordenador do Conecta, vibrou com a novidade. Sob o título Conecta UDF: Desenvolvendo habilidades, gerando diferenciais, o 10º capítulo “relata um pouco mais do que é o núcleo, aplicado especificamente nesse caso ao curso de Administração”, disse o coordenador.

Exato um ano atrás, em setembro de 2018, registramos aqui o Conecta como um dos vencedores do 1º Prêmio ANGRAD – prêmio de inovação em Ensino e Aprendizagem da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração.

Foi um merecido reconhecimento não só a esse núcleo do UDF focado em inovação e empreendedorismo, mas às iniciativas inovadoras de outras 22 instituições de todo o país. Por conta disso, o UDF se situa hoje entre as três melhores instituições de ensino superior do Centro-Oeste.

Por ocasião do jantar de premiação e encerramento do evento que ocorreu em 26 de agosto daquele ano, foi informado aos participantes que todas as iniciativas vencedoras seriam publicadas em um livro sobre metodologias inovadoras.

E o livro chegou! De fato vemos, hoje, setembro de 2019, o Conecta registrado em um dos capítulos do livro Inovação em Ensino e Aprendizagem – casos de cursos de Administração do Brasil – 1ª edição do Prêmio Angrad, de Edson Sadao Iizuka (Organizador).

Gabriel Cardoso, coordenador dos Programas de Educação Empreendedora e Inovação Social do UDF, também coordenador do Conecta, vibrou com a novidade. Sob o título Conecta UDF: Desenvolvendo habilidades, gerando diferenciais, o 10º capítulo “relata um pouco mais do que é o núcleo, aplicado especificamente nesse caso ao curso de Administração”, disse o coordenador.

À época do recebimento do prêmio, ele lembrou que embora o Conecta tivesse origem no curso de Administração, hoje ele também atende e articula os demais cursos de graduação do UDF, sempre com base em propostas transdisciplinares e inovadoras em diversas frentes. “O núcleo não é uma caixinha fechada: é uma rede de inovação acadêmica em expansão”, acrescentou.

O Conecta está em atividade desde 2017 e atua em três frentes: como Centro de Empreendedorismo; Laboratório de Inovação Acadêmica; e também Escritório de Extensão e Responsabilidade Social. O nome não é à toa: atua de verdade conectando docentes, estudantes, gestores e comunidade pela construção de uma educação superior de qualidade, relevante e inovadora dentro do mercado, sociedade civil e Estado.

Recentemente, o Conecta foi incluído em um estudo detalhado que mapeia comunidades formadas por startups com trabalho relevante em seus ecossistemas produtivos e inovadores e acrescenta mais um ponto ao trabalho empreendedor das novas gerações em destaque no Centro-Oeste.

Tanto a premiação quanto o registro do trabalho do Conecta levam a crer que o UDF solidifica cada vez mais seu perfil inovador e acerta, sempre, ao defender a excelência de seus cursos.

Visita Técnica ao Congresso Nacional e Palácio do Itamaraty

Visita Técnica ao Congresso Nacional e Palácio do Itamaraty

No último dia 23, os alunos e alunas ingressantes do curso de Ciência Política realizaram uma visita técnica ao Congresso Nacional para participarem da formação “Mulheres no Poder”. Acompanhados do Coordenador do curso, professor Alan Camargo, os discentes puderam entender a história da participação das diferentes correntes femininas no parlamento brasileiro, desde as épocas do Reinado até a Nova República. Ao visitar os acervos, gabinetes e memórias do Congresso, os estudantes compreenderam como a representatividade das mulheres, apesar das lutas desde os anos 1930 e da garantia trazida pela Constituição de 1988, ainda é assimétrica em relação à participação masculina e marginalizada em sua capacidade de encaminhar e aprovar propostas sustentadas pelas suas lutas. Foi uma surpresa para os mesmos quando souberam que o primeiro banheiro feminino dentro do Plenário do Senado foi inaugurado somente em 2015, revelando a despreocupação institucional e política com as necessidades e participação das mulheres nos debates políticos.